• Central de Atendimento: (11) 3522-5009

Estruturar um Provedor VoIP

Estrutura de Plataforma VoIP para montar Provedor VoIP de qualidade nas ligações

Como montar e estruturar um Provedor VoIP ou Operadora VoIP?

Nos tópicos a seguir será feito uma explicação detalhada de como montar uma estrutura VoIP para obter resultados e evitar dificuldades para se manter no negócio.

a) Qual é a lucratividade de um provedor VoIP ou operadora VoIP?

Para entender como será a lucratividade do seu provedor VoIP ou operadora VoIP, o primeiro passo é fazer o planejamento técnico, operacional, marketing e financeiro.

Nesse planejamento é necessário definir como irá ganhar dinheiro com seu provedor VoIP. Fazer um bom planejamento é o caminho mais correto, identificando desde já as necessidades, o nicho de mercado que será atingido, o modelo de marketing que será adotado para alavancar as vendas, a equipe de vendas que será contratada, os conhecimentos técnicos necessários da equipe de suporte, o modelo de gestão financeira e gestão técnica de infraestrutura do provedor VoIP que será implementado e por fim, definir quais operadoras irão terminar as ligações, qual Data Center será utilizado, qual Plataforma VoIP será adotada, quais equipamentos serão necessários e como será a operação nos primeiros 6 a 18 meses, para recuperar o Capital investido e obter a lucratividade desejada?

A princípio, podemos afirmar que um provedor VoIP bem planejado é viável e tem condições de proporcionar uma grande lucratividade. Basta para isso, fazer um projeto de forma correta, saber negociar com as terminadoras e com os clientes finais.

b) Montar um provedor VoIP não é somente instalar um servidor

Ao abrir uma empresa será necessário enquadrá-la nos códigos certos, junto da Receita Federal do Brasil. Isto irá facilitar na obtenção da licença SCM ou outras licenças junto a Anatel.

Todo provedor de Telefonia VoIP deverá cobrar os impostos de seus clientes. O ICMS para os provedores VoIP é de 25%, além de outras taxas obrigatórias para a área de telecomunicações.

Logo que um provedor VoIP retira a licença SCM existem meios para facilitar a compra de minutos no atacado, pagando impostos mais reduzidos. Basta para isto que tenha um bom Advogado Tributarista, para fazer o planejamento Tributário da empresa.

Na implementação do BILLING TARIFADOR da operadora deve-se entender exatamente o que está sendo desenvolvido, pois um BILLING mal planejado e mal configurado poderá acarretar repetidos erros de tarifação e consequentemente prejuízos irrecuperáveis no faturamento da empresa, tanto para positivo quanto para negativo.

Uma parte muito importante na composição da operadora VoIP é o desenvolvimento do Plano de Negócios antes de começar as atividades. Um Plano de Negócios mal elaborado poderá acarretar desde problemas sérios na logística de representantes e clientes, até processos jurídicos por desentendimentos na relação com parceiros e clientes.

No processo de interconexão entre os provedores existem falhas entre tempos de tarifação. Estas informações devem ser exaustivamente analisadas por um especialista, para estabelecer valores médios de erros inter-billing;

c) Os primeiros clientes são os mais próximos

Após a decisão de se montar uma operadora VoIP, as primeiras análises a serem feitas por uma equipe técnica são o Custo/Benefício, o Business Plan e o Pay Back;

Logo que a Plataforma VoIP estiver operante, existe um período inicial chamado período de teste, onde a operadora VoIP deverá ser submetida a uma bateria de ligações de testes, para destinos nacionais e internacionais, com a finalidade de detectar problemas, falhas, erros de tarifação e terminadoras de qualidade ruim. Neste período é importante que os primeiros clientes sejam atendidos na localidade onde está a operadora, que possuam empresas com necessidades de fazer redução de contas telefônicas e que tenham demanda para todos os destinos nacionais e internacionais.

Estes clientes deverão usar os serviços a título de testes, ligando sempre de VoIP para VoIP, de VoIP para telefones fixos e para telefones celulares. No final destes testes, deverão ser submetidos a um questionário para avaliarem a qualidade dos serviços e apresentarem todos os problemas e falhas encontradas.

É interessante que sejam feitos relatórios diários, semanais e mensais sobre a qualidade das ligações realizadas, para que a equipe técnica faça os reparos necessários, antes de começar a comercialização em escala.

Após o período de testes devidamente orientado, a operadora estará apta a operar e fazer a oferta dos serviços no mercado local, nacional e Internacional. Estando já em modo produtivo é extremamente necessário definir:

- O Cliente Foco

Quem são seus clientes? Onde eles estão? Quanto cada um consome de minutos mensalmente para ligar para telefones celulares e telefones fixos? Quais os valores estão pagando por minuto nas ligações Locais, DDD e DDI? Quais são as principais características como consumidores? Quem atende estes clientes? Quais são suas reais necessidades?

- Não se pode esquecer de analisar a concorrência no mercado onde irá atuar

Quem são seus concorrentes mais fortes? Onde estão ofertando serviços VoIP? Quanto cobram por minuto nos serviços de telefonia VoIP oferecidos? O que estão oferecendo de benefícios? Como atendem os clientes? Como são seus serviços de suporte? Qual é a qualidade de seus serviços VoIP? Onde e como você pode superá-los?

De posse dessas informações, você terá as respostas mais seguras para fazer frente aos concorrentes. Terá também uma visão mais clara e objetiva do perfil dos clientes que poderão ser atingidos. Com isto, irá melhorar o foco que os consultores comerciais deverão dar ao negócio, atacando assim a concorrência de maneira direta. Estas informações são muito importantes para o Plano de Negócios de um provedor VoIP.

Continuação...
Conceitos importantes sobre Servidores VoIP, Plataforma VoIP e Sinalização VoIP Saiba mais

Veja mais orientações de outros especialistas tratando dos processos de desenvolver soluções de telefonia VoIP de qualidade.
Saiba mais


Central de atendimento:

   São Paulo: (11) 3522-5009
   ABC Paulista: (11) 3522-6870
   Minas Gerais: (31) 4063-9068
   Rio de Janeiro: (21) 3527-0246


Continue nossa conversa


Tipo de pessoa